Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

LOIÇA DESCARTÁVEL: QUAL A ALTERNATIVA PARA ESTE PRODUTO COM TÃO ELEVADO IMPACTO AMBIENTAL?

Mäyjo, 31.12.16

copos-descartaveis

Em época de jantares de Natal dia sim dia não, muitas vezes a nossa tentação é correr para as prateleiras dos pratos, copos e talheres descartáveis disponíveis em todos os supermercados. No entanto este gesto tem um elevado impacto negativo no ambiente.

 

Produzidos a partir de um recurso não renovável, estes objectos descartáveis têm um tempo de vida útil muito pequeno e uma pegada ecológica bastante elevada. No entanto, por vezes usar pratos ou copos de loiça de vidro não é muito adequado, caso das festas no exterior ou com crianças, pois não é tão prático e seguro.

A solução fácil para resolver este problema passa pela utilização de produtos reutilizáveis em plástico. Feitos em material resistente e com uma grande diversidade de formas e tamanhos, podem ser usados de forma segura, tornando-se numa boa opção para quem quer conjugar o aspecto prático com escolhas ambientais mais conscientes.

O Minuto Verde é uma rubrica produzida pela Quercus e emitida aos dias úteis na RTP.

Foto: via Creative Commons

 

REDUZIR O DESPERDÍCIO: TERÁ O “USAR E DEITAR FORA” OS DIAS CONTADOS?

Mäyjo, 27.11.16

residuos

Em média cada europeu consome 16 toneladas de material por ano, sendo que mais de 37% desta quantidade acaba por se transformar em resíduos. Uma das causas que pode explicar estes números é o habito de “usar e deitar fora”, que devemos tentar evitar ao máximo.

 

Como forma de reduzir este enorme desperdício, alguns critérios devem ser tidos em conta na altura em que compramos algo. Por exemplo, perceber se o produto vem com um manual de reparação; se pode ser desmontado facilmente ou se, pelo contrário, tem algumas partes coladas, soldadas ou que necessitam de ferramentas pouco comuns para a sua reparação.

Ao comprarmos um produto que tem bateria, devemos igualmente tentar perceber se a bateria de substituição é acessível e de fácil substituição.

Assim na próxima vez que for às compras, tente perceber se o produto que está a adquirir é facilmente reparável. Uma preciosa ajuda para o meio ambiente, que fará com que poupe muito dinheiro no futuro.

O Minuto Verde é uma rubrica produzida pela Quercus e emitida aos dias úteis na RTP.

 

o que se pode fazer com plástico reciclado?

Mäyjo, 02.10.16

 

Ideias não faltam a esta fábrica em Almada

plastico

Situada em Almada, a Extruplas é a única fábrica no nosso país a fazer a reciclagem de plásticos mistos e a transformá-los em produtos úteis para o quotidiano. Aqui são feitas peças de mobiliário urbano, pavimentos, pontes ou até parques infantis.

Desde o momento que deitamos os nossos resíduos para reciclagem até se transformarem num destes objectos há todo um processo que importa conhecer. Triagem, trituração, intrusão, transformação em perfis, carpintaria, tudo etapas fundamentais para transformar um pedaço de plástico em mesas, bancos, cadeiras e tantas outras possibilidades.

Com esta reutilização é possível dar uma vida ao plástico, que outra forma iria para aterro, e evita-se a utilização de madeira, havendo assim uma dupla vantagem ambiental neste projecto.

Conheça agora alguns dos produtos produzidos nesta fábrica.

O Minuto Verde é uma rubrica produzida pela Quercus e emitida aos dias úteis na RTP.

Foto: via Cretive Commons